quinta-feira, 19 de agosto de 2010

"SER POLICIAL"

SE.....


Se o mandado de prisão demora a sair, a culpa é da policia
Se o bandido desaparece, a culpa é da policia.
Se o bandido é morto durante tiroteio, a polícia é culpada: “ coitado do criminoso! "
Se sobrevive, a polícia é inoperante, pois "deveria ter acabado com ele".
Se a polícia age com rigor para manter a ordem, é truculenta.
Se não age com rigor, é muito “mole”, ineficiente.
Se a polícia estava presente na hora do fato, é cúmplice
Se não estava, é omissa. Se revista um suspeito, desrespeita o direito do cidadão.
Se não revista, "faz vista grossa".
Se prende pobre, é injusta.
Se prende rico, é “porque quer aparecer ".
Se prende um ladrão, tem que apresentar provas.
Se o criminoso acusa o policial de tortura, extorsão e roubo ele é preso e expulso mesmo sem provas.

Ser Policial no Estado de São Paulo, que pratica o Pior Salário Do Brasil, mais que sobreviver ao misere , é um exercício de bravura , risco permanente sem o apoio moral e institucional, sem reconhecimento, padecendo do abandono, da discriminação, da injustiça, da indignidade, da negligência do Estado contaminado pela ação nefasta da política.


É fato que, não só em São Paulo a situação é crítica, pois onde existe POLÍCIA existe o desrespeito a Ela. 


Se você concorda com isso, exerça cidadania, faça a sua parte.


Mobilize os colegas, amigos, a mídia, autoridades e ao publico em geral para uma marcha em defesa dos HOMENS que defendem nossas vidas.
Existem os "MAUS POLICIAIS" sim, mas como em toda e qualquer instituição existem as jóias e o lodo. Nunca poderemos generalizar a instituição POLICIA como sendo contra o contribuinte, somos nós contribuintes que pagamos seus salários. Desta forma, um funcionário "MAL REMUNERADO, MAL ASSESSORADO, MAL PREPARADO" em sua residência ou em sua empresa não trabalharia com empenho e dedicação necessário. Ao invés de lhe trazer lucros lhe traría prejuízo.


É fácil dizer que são mau preparados, mal qualificados, mal carater e mais inúmeros "maus".


Antes de ofender a honra e a memória de nossas polícias "COLOQUEMO-NOS NO LUGAR DELES", e quero ver quem vai ter "PEITO" para permanecer lá. 


Fica aqui meu apreço e admiração a todos os policiais, "DE BEM", que colocam suas vidas em jogo todos os dias quando saem para o seu labor defendendo o seu sustento, mas acima de tudo, defendendo "NOSSAS VIDAS".


Machado Filho

"O mundo dos negócios não é para amadores e menos ainda para sábios de boteco"