segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Grupo Colombo leva educação ambiental para mais de mil crianças.

Mais de mil crianças assistiram à peça do projeto "Plantando Vidas". Empresa desenvolveu atividades na Semana de Conscientização Ambiental de Palmares Paulista.

Um dia mais do que especial para o estudante Vinicius Olivati Borges, de 10 anos. Ele foi um dos alunos da rede municipal de educação de Palmares Paulista, noroeste de São Paulo, que tiveram seus trabalhos premiados no concurso “Seis alternativas para mudar o mundo”. A redação de Vinicius teve como tema o meio ambiente. “Foi muito boa esta iniciativa porque eu tive que aprender mais sobre este assunto para poder escrever. Aprendi que, se a gente não salvar a natureza, nós mesmos vamos ser prejudicados, porque vai faltar ar e água”, explicou o estudante.

O concurso foi apenas uma das atividades desenvolvidas durante a Semana de Conscientização Ambiental, realizada em parceria entre o Grupo Colombo e o Município. Desde segunda-feira, as crianças matriculadas em escolas da prefeitura estão aprendendo mais sobre o meio ambiente na cartilha do projeto “Plantando Vidas”, confeccionada pelo Departamento de Responsabilidade Socioambiental do Grupo Colombo. No material distribuído gratuitamente, os estudantes encontram ilustrações e diálogos sobre a preservação ambiental. A professora Lucineide Aparecida Tonon utilizou a cartilha em sala de aula e aprovou a iniciativa. “O material é bem didático e vai ao encontro daquilo que sempre repassamos para nossos alunos. O resultado foi positivo e vou utilizar a cartilha com outras turmas do ensino fundamental também”, afirmou a professora.

A Semana de Conscientização Ambiental contou ainda com visita a áreas degradadas do município, palestras, oficinas de confecção de brinquedos a partir de materiais recicláveis e, no encerramento que aconteceu nesta quarta-feira, 27, cerca de mil crianças puderam assistir a uma peça teatral encenada pelos arte-educadores do projeto Plantando Vidas. Na peça, os personagens Luana, Gabriel e Caravelinha, um mascote do Açúcar Caravelas produzido pelo Grupo Colombo, habitam o fictício “planeta feliz”, onde tudo é perfeito e os moradores preservam o meio ambiente. Mas o trio recebe uma missão desafiadora: salvar o Planeta Terra e recuperar seus recursos naturais. A trama lúdica e bem humorada encantou os alunos. “Foi muito bom porque assim a gente aprendeu sobre ecologia brincando. Eu aprendi que nós temos que separar o lixo porque existem materiais que podem ser reaproveitados”, disse a estudante Carolina Mattos, de 8 anos.

O prefeito de Palmares Paulista, João Camillo, elogiou a parceria. “O caminho é este: temos que educar nossas crianças para serem adultos conscientes, conhecedores desta causa nobre que é a responsabilidade ambiental e que o Grupo Colombo desenvolve tão bem”, afirmou.

O coordenador de responsabilidade socioambiental da empresa, Antenor Xavier, disse que os resultados da Semana de Conscientização Ambiental foram positivos. “Praticamente todas as crianças da rede municipal foram atingidas. Aqui, plantamos uma sementinha que vai dar frutos lá na frente. Com este projeto, estamos formando multiplicadores de informações em prol da preservação do nosso planeta”, finalizou.

Projeto Plantando Vidas - O projeto “Plantando Vidas” foi criado há 15 anos pelo Grupo Colombo, associado à Biocana. Além das oficinas pedagógicas e do teatro, o projeto conta com outras atividades de preservação e educação ambiental, entre elas, um programa que forma agentes mirins de defesa da natureza. A iniciativa já atendeu mais de 18 mil pessoas de dez municípios da região.

Sobre a Biocana
A Biocana – Associação de Produtores de Açúcar, Etanol e Energia é uma entidade que existe há 16 anos e representa grandes players do setor sucroenergético. Está sediada em Catanduva, região noroeste do estado de São Paulo. As principais atividades da entidade são a permanente discussão e a busca de soluções corporativas visando o desenvolvimento de políticas e projetos que atendam as necessidades de suas empresas associadas. Um trabalho sempre pautado no respeito às questões ambientais, promoção social e desenvolvimento econômico. O Grupo Colombo é associado à Biocana.

fonte: Assessoria de Comunicação Social Biocana


Ps: Ação social importantíssima mas não basta para manter nosso bioma regional respirando. A forma demagógica de se 'maquear" a realidade sobre a devastação de nosso meio ambiente já não convence mais uma grande parcela da sociedade brasileira. É só pagarmos nosso carro e sairmos para uma volta na região que vimos os absurdos que são praticados pelos usinas sucroalcooleiras de forma desenfreada.

Estamos em plena campanha de conscientização da população para cuidarem e alimentarem os animais que fogem desesperadamente do campo para a cidade em busca de alimento, segurança e orientação.

Degradação do solo, das matas e dos rios são "normais" em todas as regiões onde ocorre a exploração canavieira. Fazer ações junto a sociedade para encobrir  uma realidade assassina é um crime maior ainda. Mas como certo, nada acontece a esta usinas, pois geram emprego, receita aos municípios, combustíveis para a frota policial, doações para creches e, o mais comum, até para fundos de campanha. Assim, não é permitido "fiscalizar" e sim desmistificar a impunidade como sendo algo bom, saudável, legal, aconselhável.

Quantos órgãos 'CURADORES DO MEIO AMBIENTE", quantos movimentos sociais, quantas entidades supostamente fiscalizadoras, enfim, quanta gente protegendo BALEIAS, PINGUINS, URSOS PANDA e não protegendo o pulmão do ser humano, o "pulmão do mundo". Será que não percebem que sem florestas, rios e equilíbrio não há BALEIAS, PINGUINS E URSOS PANDA???

Minha eterna tristeza e incompreensão é ver o futuro ser degradado em minha frente e nada poder fazer. 

"DENUNCIAS SÃO ATOS EM VÃO NESTE CASO. TENTE DENUNCIAR E VOCÊ SERÁ O INVESTIGADO, E SE AINDA VOCÊ ESTIVER CUIDANDO DE UM PAPAGAIO QUE FOI EXPULSO DE SEU HABITAT POR DEVASTAÇÃO DESTAS EMPRESAS, TENHA CERTEZA QUE O ANIMAL SERÁ CONFISCADO E VOCÊ SERÁ PRESO SEM DIREITO A FIANÇA, SENDO CONSIDERADO COMO ANIMAL TAMBÉM".

Comentários: Machado Filho

"O mundo dos negócios não é para amadores e menos ainda para sábios de boteco"