quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

"O Meio Ambiente precisa de você Bruno"


"Indo à fundo"


Olá Ir.'. Bruno!! 


Está na hora de minimizar as tradicionais e demagógicas formas de Preservação Ambiental que muitos município vem adotando. Muito se fala em meio ambiente mas efetivamente muito pouco se pratica. Em uma de minhas últimas pesquisas sobre Gestão Ambiental Eficiente, realizada em 3 estados, o que pude anotar fora um esforço  focado  no perímetro urbano, mas totalmente desordenado, e um "tenho que fazer vistas grossas" para com a zona rural. É claro que este "tenho que fazer vistas grossas" tem tudo haver com os empresários e agroempresários de maior poder aquisitivo local. Quem nos municípios vai enfrentar, por exemplo, um usineiro como manda a legislação ambiental?? Pescadores de final de semana tem seus míseros equipamentos de pesca aprendidos, mas tratores erradicando pequenas reservas de mata no sistema de desmate "do centro para a margem, principalmente perto das estradas" é cada dia mais notado. Você, passando pelas estradas observa alguns "capões" de matas à margem, mas se parar para ver, não passam de "talhões" estreitos e cumpridos, já quase totalmente erradicados, mas com este destino já traçado. A "doação de combustíveis" para o poder público feita pelas empresas sucroalcooleiras do local é um dos motivos impeditivos da aplicabilidade das normas reguladoras. Além mais, que servidor enfrentaria, dentro de sua competência, mesmo totalmente amparado pela legislação em vigor, uma empresa de médio ou grande porte, correndo o risco de ser transferido para longe dos seus?? Nos municípios pequenos e médios "todo mundo conhece todo mundo". Está aí um "baita" pacote para o irmão abrir. 


Grande abraço e sucesso nessa empreitada, e que empreitada, pois meio ambiente é a coluna de sustentação de todos os outros setores. Já pensou intrinsicamente nisso?? 


Dê abração no Clóvis também.

Machado Filho

"O mundo dos negócios não é para amadores e menos ainda para sábios de boteco"