segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Um exemplo concreto da vantagem de pensar criticamente?
 
O escritor da Harvard Business Review, John Baldoni, dá um bom exemplo nesse sentido: um executivo comum pode identificar o superávit da produção como um problema que o pensador crítico deveria ver como uma oportunidade para renovar o processo de produzir algo novo e, podemos acrescentar, explorar novos mercados, testar outras aplicações e apresentações do mesmo produto.

"O mundo dos negócios não é para amadores e menos ainda para sábios de boteco"