quinta-feira, 30 de setembro de 2010

"Açucar com gosto de féu"

FILA PARA CARREGAR AÇÚCAR NOS PORTOS DO PAÍS CAI "SÓ" PARA 43 NAVIOS.

A fila para carregar açúcar nos portos brasileiros diminuiu para 43 navios na semana encerrada em 29 de outubro, nove a menos que na semana anterior, segundo a agência marítima Williams Brazil. Os navios agendaram o embarque de 993.210 toneladas no próximo mês, em comparação a 1,3 milhão de toneladas no relatório da semana anterior.

A maior parte do açúcar será embarcada pelo porto de Santos, de onde sairão 721.670 toneladas, ante 1,01 milhão de toneladas na semana passada. Em seguida vem o porto de Maceió, com previsão de embarque de 137.940 toneladas. Para o porto de Paranaguá a previsão de embarque é de 51.900 toneladas.

A maior parte do açúcar a ser exportado é da variedade VHP, somando 760.760 toneladas, contra 1,06 milhão de toneladas na semana anterior. O volume de açúcar cristal alcançou 159.750 toneladas, ante 180.496 toneladas na semana passada. As informações são da Dow Jones.

Essa logística toda, este açúcar todo, isso tudo é o retrato dos "pobres coitados" dos usineiros e dos abastados de nós consumidores. Com essa demanda por açúcar "minúscula, insignificante, o preço dos combustíveis irão disparar daqui para frente, ainda mais agora que tem a seca, a chuva, a primavera, o outono, as eleições, etc., etc., como desculpa para os reajustes abusivos nos combustíveis. Mas como estamos aqui no "quinto mundo", que se dane o povo, que se dane os pobres, o meio ambiente, enfim que se dane tudo.

PS: Aproveito aqui o "MEU ESPAÇO" para cumprimentar a ANP - AGÊNCIA NACIONAL E PETRÓLEO - pseudo AGÊNCIA REGULADORA, pelo "brilhante desempenho nas políticas reguladoras dos combustíveis, onde se regula exatamente como o povo brasileiro vai pagar a conta e não o benefício há este.

Mas, também, é muita hipocrisia imaginar que as 3 ESFERAS DE GOVERNO que temos, ou seja, a Federal, a Estadual e a Municipal se importam com o povo, a não ser quando este mesmo povo tem que pagar o salário desse monte de PICARETAS que governam nosso pais, nossos estados e nossas cidades.

Aqui na minha "terrinha" a administração publica recebe prémio de todo lado. Meio ambiente, Incubadora de Empresas, Prefeito Empreendedor, e daí vai, mas o estranho é ninguém conseguir ver o resultado dessas ações em prol da sociedade que levaram a merecer os prêmios, a não ser os próprios ganhadores, é claro.

Mas é isso aí, o tempo passa e acho cada vez mais que o errado sou eu. Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade, Eficiência, Finalidade, Interesse Público, Razoabilidade e Motivação são besteiras que não servem para nada.

O correto é esquema com canalização de córregos; esquemas de ajustes de crimes contra o meio ambiente; esquemas de protecionismos ilícito a empresas de maior porte; esquemas de pagamento por empresas de honorários para pseudos-consultores que são também servidores com cargos de "CONFIANÇA", ou seja, SECRETÁRIOS; esquemas com desvios de remédios; esquemas com fundo de campanha; esquemas com compras sem licitações de empresas de servidores públicos; esquema de "volta" de recursos para compor a comissão de políticos que "liberaram" a mesma; esquema com, esquema com, esquema com, e daí vai.

Isso é o certo: Esquemas, ajustes, parcerias, comissões, propinas, crimes, estelionato.......

Mas como estamos em um Estado Democrático de Direito, isso tudo é baléla, podemos dizer que a democracia de direito dá aos "bandidos de plantão" a tranquilidade para cometerem crimes e a presunção de, de repente, tal vez, remotamente possível, um dia serem pegos. Como não tem gente para fiscalizar tanto esquema e tanto bandido junto, esqueça a parte da presunção e fique somente com a da tranquilidade.

MACHADO FILHO

"O mundo dos negócios não é para amadores e menos ainda para sábios de boteco"